• Altair Camargo

Pesquisa: Quase metade das pessoas deixam de comprar após ficarem insatisfeitas

Uma pesquisa realizada pela PwC (publicada em março/22) mostrou que 47% dos brasileiros deixam de comprar uma marca em caso de experiência ruim - mesmo se for uma marca que ele goste.


A pesquisa também mostrou que, embora os clientes se preocupem com preço e qualidade, a bosta por "experiências positivas" vem crescendo. Isso é mais notável em setores como assistência à saúde, tecnologia, bancos e linhas aéreas.


Não consegui encontrar a pesquisa divulgada de forma completa. Por isso, não dá para saber exatamente o método e como foram feitas as perguntas. Há algumas coisas esquisitas nos números. Por exemplo, 47% das pessoas falam que deixam de interagir com uma "marca que adora" depois de uma experiência ruim, mas 40% falam que deixam de interagir após várias experiências ruins. Será mesmo que mais gente deixa de interagir depois de ficar insatisfeito só uma vez do que ficar insatisfeito várias vezes? Estranho.


Esses números, aparentemente, foram divulgados pela assessoria de imprensa da PwC. Aqui estou considerando que estão corretos, mas fico com um pé atrás.


Eu utilizaria os resultados dessa pesquisa em aulas sobre relacionamento com o cliente e sobre satisfação.


Notícia original: https://olhardigital.com.br/2022/03/13/pro/pesquisa-47-deixa-de-comprar-em-empresa-apos-experiencia-negativa/

0 comentário