• Altair Camargo

Modelo de Negócio: Disney+ anuncia plano mais barato, mas com anúncios

A Disney anunciou que seu serviço de streaming, Disney+, terá uma nova opção de plano que não estamos acostumados a ver nesse tipo de serviço de assinatura: será mais barato que o plano comum, mas terá propagandas.


Espera-se que esse novo modelo de negócio seja implantado nos Estados Unidos até o fim de 2022 e no resto do mundo até 2023. Ainda não foram divulgados os preços e o objetivo desse novo tipo de assinatura, claro, é ter mais clientes.


Vai funcionar? Não sei! Essa é uma ótima discussão para sala de aula, afinal um grande diferencial dos streamings (especialmente no início de sua popularização) era que não tinha propagandas. Será que o consumidor já aceitaria isso? Os streamings vão se tornar iguais à TV a cabo de vez? É importante notar que provavelmente a Disney+ não vai perder dinheiro - afinal, o que ela perder com o preço mais baixo de assinaturas, ela vai ganhar com anunciantes.


Esse é um bom exemplo para aulas sobre modelos de negócios, precificação, estratégias de marketing em geral e obtenção de clientes.



Notícia original (em inglês): https://www.retailnews.asia/disney-officially-introduces-its-cheap-ad-supported-plan/

0 comentário